29 de dezembro de 2016

Meus posts favoritos do ano

Foto: Brandon Woelfel

Pra começar, realmente, me desculpem. Estive bem ocupada esses dias, tive que deixar o blog um pouco de lado, nem mesmo tive tempo de fazer um post relacionado ao Natal, que aliás é uma das minhas datas preferidas do ano! Mas eu estou de voltaa!

Olá meus amoress! Falta pouquíssimo tempo para o ano acabar, né? O ano passou voando, literalmente.
O ano, acredito que, para a maioria das pessoas, ele não foi muito bom. Pra mim também não foi. Quer dizer, foi. Mais ou menos, foi e não foi, hahah. Bom, foram 29 posts publicados desde junho (início do blog). Confesso que me envergonhei um pouquinho nesse número. Mas prometo que ano que vem eu vou compensar, e muito, hahah.

Resenha: Fazendo meu Filme

Foto: Melina Souza

Não podia faltar nessa lista, não meeesmo. Foi uma das resenhas que mais adorei fazer, porque o livro é o meu favorito dos favoritos dos favoritos, hahah. Eu sempre releio quando eu tô sem fazer nada, e é aquilo, nunca enjoa, hahah.
E eu fiquei totalmente animada quando a fanpage da Editora Gutenberg postou sobre o meu post lá ❤️

Texto: Aproveite cada Instante

Aí gente, sério, eu amei muito, muito mesmo fazer esse post, eu não sei o porquê. Acho que talvez foi por causa da série que eu estava assistindo, morreu um dos meus personagens preferidos (😭), e eu também tinha acabado de ver um filme, aí, eu não sei o resto, eu vim para cá e as palavras simplesmente foram saindo. Eu tava bem sensível na hora que escrevi, rs.

Mantenha os pés no chão — Setembro Amarelo


Esse eu estava super sensível quando eu escrevi o post, porque eu sempre sou em relação a esses assuntos. Eu simplesmente fui desabafando tudo o que eu pensava sobre o assunto. E eu sinceramente acho que isso não era pra ser tratado apenas em setembro não, e sim em qualquer hora, pois isso é muito importante.

Texto: Beleza não é tudo

Ah, pode ser um texto qualquer. Talvez seja, mas ele tem um pequeno significado especial para mim. Foi o meu primeiro texto no blog, e acho que um dos melhores que eu já escrevi. Mesmo eu não levando muito jeito, eu adoro escrever, a escrita é minha forma de me expressar. Esse é um post, que nunca eu vou ter coragem de apagar, e nem pretendo, hahah.

E aí? Qual é seu post preferido aqui do blog?
Conta aqui nos comentários ❤️
E, ah, feliz ano novo meus amores ❤️

17 de dezembro de 2016

E Se eu Ficar?


Olá meus amoreees! No post de hoje eu vim falar sobre um filme barra livro que é simplesmente maravilhoso, e um dos meus favoritos, e eu já falei dele por aqui, mas eu não falei praticamente nada sobre ele, apenas falei o quanto era maravilhoso, hahah. Mas nesse post, eu realmente vou falar o que eu puder sobre ele.
Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.
Eu nem preciso dizer o quando eu amo a Chloë. Eu nem sei bem ao certo quando eu comecei a gostar dela, só sei que agora, todos os filmes que ela faz, eu vou correndo assistir, porque sei que é bom.

Eu não sei bem ao certo como eu conheci o filme, só sei que um dia, eu tava lá assistindo o filme, e ficando apaixonada. Foi um dos melhores filmes que já vi na vida. E quando soube que tinha um livro? Fui correndo pra ler. Eu acabei lendo só o primeiro, mas já quero comprar o segundo.

Não é incrível quando a vida é uma coisa, então, em um instante, se torna outra?

Uma das coisas que mais gosto em filmes é quando são intensos, assim como o filme e livro são. Ah, e caso queira saber, o filme é bemmm fiel ao livro, e isso foi algo que eu amei mais ainda, porque hoje há muitos casos de filmes totalmente infiéis ao livro (como foi o caso de Percy Jackson, eu tive uma decepção enorme). Eu já estou MUITO ansiosa pelo segundo filme.


Durante o coma dela, é mostrado várias cenas dela com os pais, a família e amigos. Eu amei muito mais o filme, ainda mais por ele ser tão fiel ao livro, porque o filme, eu simplesmente amei tudo, trilha sonora, atores, tudo. Já o livro, eu gostei por ser um pouquinho mais detalhado que o filme (mas nada demais), e achei o filme muito mais emocionante, mas o livro não me desanimou e eu já vou ler o segundo livro.

O filme é ótimo para refletir sobre tudo à nossa volta, como a família e melhores amigos. Mia é totalmente apegada à seu irmão e seus pais, o que faz a gente chorar em algumas cenas.
Me apaixonar pelo Adam foi como aprender a voar. Era empolgante e assustador ao mesmo tempo.

O filme se baseia inteiramente na decisão da Mia, se ela fica ou não. Eu já ia contar spoilers, então esse parágrafo acaba aqui, hahah.
O filme, eu vou admitir que não é um dois mais alegres do mundo, porque há muita dor, muita perda, mas o filme tem sim seus momentos alegres, divertidos. O filme muita gente achou ele meio "mórbido", mas garanto que não é. Os flashbacks da Mia são tão emocionantes, e as palavras das visitas que ela recebe são de uma pessoa inundar a rua, hahah.


Ah, e tem na Netflix!
O filme vale muito a pena assistir, acredite em mim, você não vai se arrepender nem um pouquinho, o filme vai prender sua atenção desde o primeiro segundo.
Assistam, hein? hahah.
Beijão ♥

13 de dezembro de 2016

Você vai deixar muita saudade

Foto: Brandon Woelfel

Você vai fazer uma falta gigante pra todo mundo, acredite em mim. E tire da sua cabeça que nós vamos te esquecer, porque não vamos não, nem sonhando. E me lembre de mandar o endereço da sua casa lá o quanto antes, okay? Porque eu vou, com certeza, puxar teu saco na próxima vez que eu for para lá. E não mande tão tarde, porque do jeito que eu sou, eu com certeza vou pedir uma hora antes de sair de casa e você vai estar sem internet ou algo do tipo, algo que te impeça de falar comigo.

Eu nunca pensei que chegaria esse dia, o dia em que o nosso "até logo" seria mais longo. Às vezes eu queria que o tempo tivesse passado mais devagar, para nós podermos aproveitar melhor o tempo com você, às vezes eu queria que o tempo passasse mais rápido, para que você se mudasse pra cá de vez e que a gente nunca mais tivesse que passar por isso de novo. A gente não vai perder o contato, tudo bem, mas vai ser horrível não poder falar com você pessoalmente. Não é a mesma coisa, e nunca que vai ser a mesma coisa. Nunca se esqueça da gente, tá? Porque a gente nunca vai se esquecer de você. Você ficou aqui por apenas um ano, mas fez todo mundo se apegar a você.

Vou sentir falta de falar com você todo intervalo, de passar um tempão conversando com você depois das provas, de falar sobre os crush, de falar sobre séries, de falar sobre Grey's, de falar sobre qualquer coisa. A gente vai continuar se falando, mas seria muito melhor se fosse pessoalmente. Eu nunca pensei que eu fosse me apegar tanto a alguém como me apeguei a você. O ano passou voando. Em outras vezes, eu gostaria disso, mas não esse ano, porque eu sabia que nós teríamos que se despedir no final. E eu queria que tivesse passado devagar ao invés de rápido, juro que queria. Eu nunca pensei nesse dia, mas agora que ele chegou, é tão ruim...
Eu sei que já fizemos várias despedidas, mas eu precisava fazer esse post.

7 de dezembro de 2016

Séries que você deve assistir

Olá meus amoreees! No post de hoje, eu vim falar sobre as minhas séries favoritas, e que você DEVE assistir, caso ainda não tenha assistido! Eu tenho váriaaas séries favoritas, mas consegui separar algumas para colocar aqui ♥
Vamos começar com:
How I Met Your Mother
HIMYM foi uma das melhores séries que eu já vi na minha vidaa! Ela já acabou (confesso que o final me decepcionou um pouco — muito — mas foi em relação à um casal, então pode ser que vocês amem, ou odeiem o final), mas nada de spoilers, né? Fora isso, é uma série maravilhosa, engraçada. Acho que foi uma das melhores séries de comédia que já assisti. Além disso, uma das personagens é canadense (o que faz eu amar a série ainda mais). Pra mim, é uma das melhores séries de comédia. Ela não é tão grande, e os episódios são 20 minutos cada um, ou seja, em umas três semanas, no máximo, você já terá terminado as 9 temporadas. Mas olha, cuidado, viu? A série quase te mata de curiosidade, porque são 9 temporadas para finalmente mostrar quem é a mãe. Terá algumas cenas que parece que vai ser onde o Ted e ela finalmente vão se conhecer, mas não seja trouxa como eu, por favor, hahah, porque eles vão demorar muito pra se conhecer.

Scream
Eu recomendo: caso você seja MUITO medroso, não assista essa série ou vai ter um ataque do coração. Eu nunca tive problema em assistir porque eu AMO filmes/séries desse gênero. Eu demorei um pouquinho pra começar porque pensei que seria bem sem graça (igual às outras).
Eu me arrependo de não ter começado antes.
Muita gente pedia, insistia, implorava pra eu assistir, e eu nunca dava bola, até que teve um final de semana que eu tava sem fazer nada, e resolvi começar. Eu não consegui mais parar, é viciante demaiss. No comecinho vão ter algumas mortes, mas tu logo supera, são personagens que mal apareceram na série, ou seja, não dá tempo de você se apegar. Algumas mortes são brutais, agoniantes, então, miga, se você tiver medo ou agonia disso, eu não te recomendo nem um pouquinho essa série. Eu nunca tive medo, e eu prefiro séries assim mesmo, acho mais emocionante, mais viciante, mais chocante, mais tudo.

Orphan Black
Eu comecei a série a pouquíssimo tempo e já me viciei MUITO. Eu confesso que nunca assisti uma série assim, nesse gênero, mas agora, me apaixonei. Caso você não conheça a série, é uma série que começa com uma mulher (Sarah) presenciando o suicídio de uma mulher, que logo descobre ser idêntica a ela, então, por ter um histórico de delitos criminais, Sarah assume a identidade da moça morta. Logo, Sarah descobre que ela e a falecida são, na verdade, clones (existem vários) que um assassino profissional está determinado a eliminar.
Logo pela sinopse, eu já fiquei super curiosa para assistir, e olha, quando eu comecei, eu não me decepcionei nem um pouquinho.

Vocês, caso ainda não tenham assistido, realmente DEVEM assistir essas séries, as três são uma das minhas preferidas, e elas nem são tão grandes assim (9 temporadas, 2 e 4, respectivamente — a primeira são 20 minutos cada episódio, termina uma temporada em no máximo dois dias), eu tava pensando em colocar outra, mas achei que o post ficaria muito grande, então vou deixar para outro post mesmo, hahah.
E, antes que eu me esqueça, TODAS TEM NA NETFLIX

Espero que tenham gostado do post, beijão ♥
— flores no luar —

base by Butlariz and edited by Mari Oliveira