24 de setembro de 2016

Mantenha os pés no chão | Setembro Amarelo


Mesmo que algo te aconteça, algo muito ruim mesmo, mantenha os pés no chão.
Não faça isso, por favor. Dói? Dói sim. Demora, mas passa, acredite.

Me dê aqui sua mão. Tudo vai melhorar, está bem? Sempre vai doer, lá no fundo do coração, mas, uma hora, a dor diminui. Não bruscamente, claro, mas vai doer menos, não será tão doloroso como antes. Por isso, mantenha sempre os pés bem firmes no chão.

Sim, eu não sei como é a dor, mas eu também sei, de algum modo. Apenas sei. Você tem problemas na escola/casa ou algum lugar? Perdeu alguém muito próximo? Claro, não é da minha conta mesmo, mas, frequentemente, isso leva à apenas uma coisa: suicídio. 
Claro que tudo isso é insuportavelmente horrível, mas tudo vai passar, acredite. A dor vai diminuindo com o tempo. Vai demorar? Sim, e algumas vezes parecerá insuportável, à ponto que você até mesmo caia no choro frequentemente.

Claro que não vou salvar vidas apenas por causa de um texto, porque eu queria mesmo era abraçar cada um que sofre com alguma coisa, abraçar até não poder mais. Isso não vai parar a dor, mas, talvez, quem sabe, a amenize?

Mas eu sei que, tudo o que as pessoas que sofrem com isso precisam é de amor, carinho, paz, união e um monte de outras coisas boas em acompanhamento.

Caso que você, que está lendo aqui, conhece alguém que se sente triste, pra baixo o tempo inteiro, por favor, corra, o máximo que puder, dê um abraço de urso gigante nele/nela. Eles só precisam de companhia, de amor. De coisas boas. Suicidas precisam ver o lado bom da vida. Precisam amar de novo, precisam viver de novo. Esteja presente, todos os dias, todos os meses, todo o tempo.
Não apenas em Setembro.

Seja gentil, amoroso, carinhoso. Eles apenas precisam de você, ao seu lado. Esteja com ele todo o tempo que puder. Amarele os seus dias.

Sim, está quase no fim do mês, mas é melhor que não fazer, não é? Eu fiz este post em homenagem ao "Setembro Amarelo", que é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, para quem não conhece.

19 de setembro de 2016

Wishlist: Imaginarium


Oi gente! Hoje vim compartilhar uma wishlist de uma das lojas que mais amo no mundo!
Eu abro o site e fico maravilhada com tanta coisa linda, mas me segurei pra fazer essa wishlist aqui.
Eu ia colocar muito mais coisas, mas infelizmente, não deu e eu tive que me segurar, mas ainda deu pra separar 7 coisinhas que me apaixonei!

E sim, separei mais copos, porque nem deu tempo de olhar a loja toda, porque já tinha escolhido esses, e amei muito cada um mas infelizmente, é caro. Mas não liguei muito pra isso, só saí escolhendo, haha.


Aqui o link de cada um deles:
1: Caneca-pote "aproveite a vida"
2: Caneca-pote "flores e linhas"
3: Copo com canudo sorvete rosa
4: Copo para viagem "aproveite cada instante"
5: Taça com canudo delícia
6: Copo com infusor dieta detox
7: Pulseira folhagem

Eu não tenho um favorito entre eles, porque amei todos, mas eu achei essas canecas-pote um amor
O que vocês gostaram e comprariam da wishlist?
Beijão

16 de setembro de 2016

Resenha: Fazendo meu Filme

Foto: Melina Souza
Desculpem fazer dois posts seguidos do mesmo tema, mas PRECISAVA falar desse livro ♥
Fazendo Meu Filme é um daqueles livros que a pessoa se apaixona logo de cara, sabe?
Eu li o livro faz alguns meses, mas só agora lembrei de fazer uma resenha, acredita?

Sinopse: Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. “Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.
Todos os livros são maravilhosos, daquele tipo que dá vontade de ler o dia inteiro, e deixar todas as obrigações de lado (mas, infelizmente às vezes, não dá, né?). Eu fui me apaixonando ainda mais à cada capítulo que lia, à cada página, na verdade.

Eu não conhecia a Paula Pimenta antes de ler os livros, mas confesso que já tinha ouvido falar uma ou duas vezes antes. Todos os livros dela são maravilhosos, mas os meus preferidos são Fazendo meu Filme e Minha vida fora de série (está na minha wishlist ♥. Esse livro conta a história de uma das amigas dela).

Foto: Melina Souza

O livro tem quatro volumes, sendo o primeiro, contando a história dela, e para decidir se ela faz ou não o intercâmbio, o segundo, é totalmente voltado para o intercâmbio dela em Brighton (Inglaterra), já o terceiro é totalmente voltado para ela e o namorado dela (LEO ♥). Já no quarto, acontece muitas coisas, e quero que vocês mesmas leiam e descubram!
O mais longo é o quarto (com 600 páginas) [...]

E o melhor de tudo: toda a história se passa aqui, no Brasil, lá em Belo Horizonte.
Confesso que nunca li nenhum livro brasileiro fora esse, e é bom se "sentir em casa" com um livro assim, porque eu sou totalmente acostumada a ler livros internacionais, onde tal personagem mora em Nova York, ou Londres, ou cidades assim.

Os quatros volumes mostram tudo da vida dela. Desde o ensino médio até a faculdade (e retrata até mesmo a luta da gente pra passar em um vestibular).

Leiam, tenho certeza que vocês não vão se arrepender de ler esse livro (ou, se você se apaixonar pelo primeiro, pelo resto dos livros)
Espero que tenham gostado da resenha ♥
E prometo que o próximo post vai vim com um tema diferente, haha ♥

10 de setembro de 2016

Resenha: A Seleção

Foto: Menina de Loirices
Posso me atrapalhar um pouquinho e acabar confundindo com A Elite ou A Escolha, por eu ter lido os três em quatro dias. Mas juro não dar spoilers, vou tentar evitar.
Oi gente, bom, antes de tudo, vou admitir que estou super atrasada, pois o livro foi publicado em 2012, mas só vim ler agora (e amei!). Desde quando lançou tinha vontade de ler, mas nunca achei onde comprar, aí depois de um tempo, desisti. Esse ano, ganhei ele de presente ♥

Eu me apaixonei muito pelos livros, muito mesmo. Eu, sinceramente, esperava menos. Não sabia que seria tão bom.



Sinopse: A história se passa em um país chamado Illéa: uma monarquia em que a sociedade é dividida em castas. Os eventos ocorridos são narrados pela protagonista, America Singer, uma jovem da casta Cinco que entra para A Seleção, onde vem a competir com outras 34 garotas a mão do príncipe Maxon, assim como o título de princesa e futura rainha de Illéa. 
Confesso que não me apeguei tanto no começo, mas depois de ler uns três capítulos, comecei a gostar. E já estou no terceiro livro (comecei os livros há quatro dias).

Antes de ler, pensava que era aqueles livros modinhas, sabe? Que só tem fama, mas o livro em si é péssimo, mas, não é. Mas admito que no começo, não gostei por ser aquele mesmo drama de fim de namoro, meio clichê. Mas depois de algumas páginas, a história foi tomando outro rumo.



Foto: Menina de Loirices

Eu confesso que sou totalmente apaixonada por livros de romance. Grande parte dos meus livros são de romance (mas aquele 1% é Percy Jackson). Então, podem se preparar, que vou trazer muitas resenhas de livros (principalmente românticos), viu?


Recomendo demais vocês lerem esse livro, é totalmente lindo, do começo ao fim.

Espero que leiam, hein?

4 de setembro de 2016

Perdoe, sempre


O perdão é uma coisa poderosa. Não para a outra pessoa se sentir melhor, mas para curar você.  
— Grey's Anatomy
Uma hora ou outra, temos que nos perdoar, e perdoar os outros ao nosso redor. Por mais que a pessoa tenha feito algo muito errado, perdoe. Seres humanos erram. É da nossa natureza. Ninguém é perfeito, todo mundo já errou alguma vez na vida.

Por mais que o erro seja muito, muito grave, perdoe.
Caso tenha brigado com a melhor amiga, irmão, ou qualquer outra pessoa, perdoe. Valorize as pessoas ao seu redor, pois pode ser que amanhã seja tarde demais.

Se você estiver brigada com algum amigo ou parente seu que está indo viajar para muito longe (por exemplo), que demorará muito tempo para voltar, perdoe. Nunca se sabe o dia de amanhã. O futuro é totalmente imprevisível, por isso, temos que aproveitar ao máximo as coisas que temos hoje, antes que seja tarde demais.

Assim que você ler este post, perdoe todas as pessoas que você está brigada. Caso seja sua melhor amiga, não espere ela perdoar primeiro. Não se importe com isso, apenas perdoe. Perdoe até os erros mais graves. Erros fazem parte da gente. Nenhum ser humano na terra é perfeito, todos erram.

Mas claro, há pessoas que cometem erros propositais. Erros que não merecem perdão. Em toda regra há exceção. Mas fora isso, perdoe.

Perdoar as pessoas te fará muito bem.
— flores no luar —

base by Butlariz and edited by Mari Oliveira